Patrulha do Espaço: 35 anos Dormindo em Cama de Pregos

Um salve aos ouvintes e agora leitores do Rolling Time! Primeiramente devo felicitar a quem teve esta grande idéia de abrir esse espaço para Opiniões. Espero que possamos ganhar bastante com a troca de informações. E como sou grande apreciador e até militante em valorizar o Rock’N’Roll brasileiro, não poderia ocupar este espaço de outra forma. Cabe dizer, e não tenho medo de radicalismo, que falo sobre o verdadeiro Rock’N’Roll brasileiro, aquele surgido antes do Pop New Wave oitentista de Legião Urbana e companhia, e que vai quase à contramão deste. Um Rock’N’Roll que sobrevive em bares saudosistas ou nos poeirentos fundos dos baús de valentes guerreiros que, graças a internet, hoje podem compartilhar suas peças com o mundo. Muitas dessas peças são bandas que permanecem desconhecidas ou desvalorizadas por muitos. Como disse, sou apreciador e incentivador destas bandas e deste Rock’N’Roll.

E uma dessas bandas é a Patrulha do Espaço. Criada em 1977, pelo então ex-Mutante, Arnaldo Baptista e, a partir de 78, capitaneada pelo baterista Rolando Castello Junior, a nave da Patrulha vem vencendo as barreiras do tempo com muitos altos e baixos em sua história, incluindo um grande número de trocas de integrantes, vários acidentes de percurso (alguns até fatais), mas sempre movidos pelo Rock’N’Roll pesado. Pessoalmente, acho o som deles perfeito: guitarras pesadas, o baixo presente e a bateria monumental do Junior, um dos melhores bateristas do Brasil. Em 1980 a banda lançou o que seria o primeiro disco independente de Rock em terras tupiniquins, intitulado apenas Patrulha do Espaço, conhecido como o ‘álbum preto’.

Em março de 2012 a Patrulha lança seu disco de número 20 (contando aí no meio alguns compactos e coletâneas) chamado: Dormindo em Cama de Pregos, que reflete nas palavras do Junior: “A impressão digital da atual formação da Patrulha”, que agora consta de, além de Junior, sua companheira Marta Benévolo, nos vocais, Danilo Zanite, na guitarra e Paulo Carvalho no baixo. O título do disco faz referência aos faquires, mestres capazes de feitos mágicos como andar sobre fogo ou dormir em cama de pregos. O termo também se relaciona a pobreza e a mendicância. Nesta linha, o faquir é o mendigo mágico. Há aqui uma referência a toda a trajetória da banda, mas principalmente ao processo de produção deste disco, que foi gravado em vários estúdios, em várias cidades onde a Patrulha pousava pra tocar e acabava, nos estúdios de amigos, por registrar uma ou outra canção.

Patrulha do Espaço na formação que gravou o ‘disco preto’, 1980

Dormindo em Cama de Pregos trás no todo 6 faixas, sendo duas como bônus tracks. Das músicas ‘oficiais’ destaco Riff Matador, que transmite, a meu ver, a mescla mais justa entre a sonoridade característica da Patrulha, com a sua atual formação. Ainda recomendo RolandoRock, quase uma autobiografia do Rolando Castelo Junior e sua vida de estrada e bateria. Entre as faixas bônus, está Quatro Cordas e um Vocal uma bela homenagem a duas personalidades marcantes dentro do Rock’N’Roll brasileiro: Oswaldo ‘Kokinho’ Gennari, baixista e co-fundador da Patrulha, e Deborah Carvalho, vocalista do Made In Brazil. Embora a qualidade do disco possa ter ficado meio afetada devido ao processo pouco ortodoxo de gravação, é um disco em que se pode sentir toda energia de uma banda com muita estrada e que faz Rock’N’Roll da maneira mais sincera e visceral possível. Enfim, este é um disco que precisava ser feito.

Espero que vocês possam ouvir e curtir o som da Patrulha do Espaço e de outras bandas brasileiras que fazem Rock’N’Roll porque precisam não porque querem provar qualquer coisa ou ganhar grana. Valeu. Que os ventos do Norte tragam a todos Boa Sorte, e muita paz e Rock’N’Roll.

Marcio Fraga de Oliveira

Poeta por maioria de votos e amante do Rock’N’Roll porque precisa.

Ortigueira/ PR

Anúncios

Uma resposta para “Patrulha do Espaço: 35 anos Dormindo em Cama de Pregos

  • Marcio Fraga de Oliveira

    Salve!
    A fonte da afirmação do Junior sobre o cd, e outras informações sobre a fase atual da Patrulha do Espaço estão nesta entrevista:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: